Ser mãe....

Bem como dizia minha mãe...
Ser mãe é padecer no paraíso.
Coisa contraditória.
Mas é a pura verdade.
Quando são pequenos pensamos que temos o domínio da situação.
Apesar de as vezes bater uma total nóia.
Principalmente se somos mães de primeira viagem.
Quando chega o segundo.
Você pensa.
Vai ser moleza.
Já sei todas as tretas.
Engano seu...
Ninguém é igual.
Situações diferentes acontecem.
Como pode .
Nasceram de mim e são tão diferentes.
Tanto no físico .
Quanto no comportamento.
Pensam totalmente diferentes.
Gostos.
Só combinam em alguns.
Alguns jogos e só.
Um é o sul e o outro o norte.
Eles crescem;
Pensamos.
Agora vamos relaxar.
Que nada .
De novo vem os dizeres da minha mãe.
"Filho criado,trabalho dobrado."
Caraca.
Ela tá certa.
Aliás .
O boca.
Mãe é assim um ser meio fada/bruxa.
"Leva o casaco,não esquece o guarda chuva."
E não é que chovia!!!
Ser mãe de menino.
Para mim uma patricinha da Tijuca/ Joá.
Envolta no mundo Cantão & Phillippe Martin
Criada no colégio de freiras.
Mundo rosa total.
De repente o azul invade meu universo.
Com ele .
Bola.
Carrinhos.
Jogos.
Mas para quem foi criada no meio de primos.
Que adorava fliperama.
Ataris & etc...
Até que tirei de letra.
Mãe presente.
Cri cri até hoje.
Hoje eles cresceram.
Sei que tenho que me tornar um pouco dispensável.
Eles agora tem que seguir as suas vidas.
Com as próprias pernas.
Pois já ensinei.
Agora eles tem que colocar em prática esses ensinamentos.
Esse ninho vazio.
Dói.
È como um luto.
Não temos eles ali no dia  dia .
Suas vidas seguem paralelas a nossa.
Não temos  mais o olho no olho.
O timbre da voz.
O toque .
Horas  de silêncio.
Um vazio.
Quem disse que crescer não dói.







Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Craft room

Uma menina guerreira.

Como pode isso??!!