Pular para o conteúdo principal

Copa vista por outro prisma.

Copa vista por um outro prisma...
Bem essa semana fui parar em Copacabana.
Não programei de ir lá .
Simplesmente fui parar lá.
Por causa do trabalho.
Resolvi ir no calçadão tirar uma foto .
Só para não perder o costume.
E conforme eu andava ia reparando ao redor ...
Como tudo havia mudado e muito.
Aquela Copa de antes era mais bonita.
Deve ser pelo fato de que eu ia a passeio.
Não a trabalho.
Quando era criança, era uma rata de praia,graças ao meu pai .
Um cara politicamente correto ,acordava cedo , tomava seu suco ,que hoje é o famoso detox e ia caminhar e correr na orla e jogar volei.
Meu pai era um cara do dia e a minha mãe era da noite.

Eu optei pelo dia ,afinal á noite não tinha amigos e nem praia.
E assim foi a minha infância e adolescência.
Praias ,caminhadas e esportes.
Detalhe todos os esportes e atividades  relacionadas a meninos.
Tudo isso porque eu era a única menina de uma geração ,cercada de primos e tios.
Soltava pipa no aterro do Flamengo e andava de bicicleta (Tigrão)
Minha mãe  preocupada com aquela situação,
Parecia mas um moleque.
Correndo nas passarelas da Joatinga.
Ela gostaria que eu fosse uma mocinha educada e bem comportada e não com jeito de mogli.
Fui parar na Tijuca.
Estudar em colégio de irmãs Santos Anjos.
No qual eu teria aulas de etiqueta e culinária.
E eu queria aulas de teatro e francês.
Frequentar o Tijuca Tênis Clube no qual meu tio era presidente ,com solenidades chiques nas quais eu ia impecável.Me lembro até de um vestido rosa com uma pele.
Mas ai o tiro saiu pela culatra...
Conheci uma turminha tanto no colégio ,quanto no clube que amava teatro,música e praia.
Meu nome não é Maria Clara por acaso é uma homenagem a Maria Clara Machado.
E em minhas veias por parte de mãe corre a arte e a música.
Então como quem sai aos seus não degenera, vieram as peças e com elas o Tablado.
Todo fim de semana praia de Ipanema e Leblon ,mate Leão e biscoito Globo .
Férias Saquarema.
E o politicamente correto deixou lugar para Diretas Já.
A menina começou a se engajar em movimentos políticos,mas com aquele olhar crítico.
Com  quinze anos já fazia campanhas de alimentos e agasalhos no colégio.
Fazia parte de grupos tipo ongs para ajudar animais.
Aos dezessete a tatuagem de um beija flor na mão esquerda.
A vontade de voar estava nítida e estampada.
A menina moleca cresceu e virou uma mulher .
Com um olhar diferenciado .
Copa também mudou...
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Craft room

Bom dia!!!
Quem não quer ter um cantinho só seu??!!!
Aquele espaço que cabe tudo,onde tudo esta milimetricamente no seu lugar,onde podemos,fazer aquela bagunça gostosa na hora que estamos criando...
Um lugar onde só entra aquilo que gostamos,o meu é assim ainda não está totalmente do jeito que quero.
Mas aos poucos eu chego lá....
viajando no mundo dos blogs vi cada um...Aff .
Queria um pouquinho de cada.
Alguns que me chamaram mas a atenção por serem rosas.
Mas não posso ser tendenciosa..
Então ai vai algumas fotos,
Espero que gostem.

Bom dia!!! Sextou...

Niver do Filhote...

Hoje é um dia mega especial!
Niver do meu primogênito.
Como tudo passa muito rápido.
Parece que foi ontem.
Filipe é o seu nome.
Primeiro em tudo.
Primeiro filho.
Primeiro neto de ambas as partes.
Primeira vez que me vi mãe.
Sabe como é né?!
Marinheira de primeira viagem.
Muito que aprender.
Errei muito.
Pois filhos não vem acompanhados de manual.
Cada um tem o seu jeito e o seu DNA.
Me lembro como se fosse hoje.
Primeira palavra "Brumm"
Tradução carro.
Sim ele é apaixonado por carros desde de sempre.
Fazia coleções de miniaturas Hot Wheels .
Sempre muito organizado.
Detesta que bagunce seu espaço e suas coisas.
Sistemático e teimoso.
Porém tem um ótimo coração.
Sua essência é linda.
Pena que está lá dentro de uma gaveta.
Guardada .
As vezes acho que é por medo de revelar o quanto é sensível.
Amigo.
Tem um sorriso contagiante.
Aprendi com ele o meu primeiro amor de verdade.
Mesmo com modos de pensar e agir diferentes.
Ele é, e sempre será meu primeiro amor.
O cara que gostava…