Pular para o conteúdo principal

A faixa de Gaza é aqui.

Foto do ZGuiotto
Bem...
Antigamente quando via o jornal nacional.
Lia jornais .
Que mostravam ou falavam de mortes de civis.
Na faixa da Gaza,ou esses ataques na Síria.
Eu chorava muito.
Vendo crianças feridas.
Mortas.
Ensanguentadas.
Aquilo me chocava horrores.
Mas era uma coisa bem longe da minha realidade.
Hoje eu vejo isso aqui no meu estado.
Todo dia aqui morre uma criança por bala perdida.
Seja no;
Colégio.
Casa.
Rua.
Não estamos mais seguros .
Reze para sair .
Reze quando chegar por estar vivo.
A violência tomou conta .
Estamos a mercê de tudo.
Não existe mais hora.
Nem lugar.
Respeito já era.
Todos estão na ciranda da violência.
Até quem está supostamente protegido.
No útero da mãe é atingido.
Passamos todas as barreiras do inatingível.
Vivemos em tempo de guerra.
Estamos impedidos,bloqueados,impossibilitados e tolidos
De ter e usar um celular na rua.
Com o risco de roubarem e te matarem por isso.
Ainda tem um Zé mané para dizer.
"Mas ela deu mole"
"Tava pedindo né"
Como assim?!
Agora não temos só os refugiados vindo de outros países.
Temos os refugiados do Rio de Janeiro.
Saindo daqui para outras cidades ,estados e até mesmo do país.
Estamos abandonados.
De um lado.
Os governantes corruptos,ladrões,uma quadrilha .
Do outro os meliantes.
"Se correr o bicho pega ,se ficar o bicho come."


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Craft room

Bom dia!!!
Quem não quer ter um cantinho só seu??!!!
Aquele espaço que cabe tudo,onde tudo esta milimetricamente no seu lugar,onde podemos,fazer aquela bagunça gostosa na hora que estamos criando...
Um lugar onde só entra aquilo que gostamos,o meu é assim ainda não está totalmente do jeito que quero.
Mas aos poucos eu chego lá....
viajando no mundo dos blogs vi cada um...Aff .
Queria um pouquinho de cada.
Alguns que me chamaram mas a atenção por serem rosas.
Mas não posso ser tendenciosa..
Então ai vai algumas fotos,
Espero que gostem.

Uma menina guerreira.

Conheci uma menina.
Ela tinha 7.
Eu 17.
Sempre tive vontade de ter uma irmã.
Ela se tornou minha irmã mais nova.
Empatia desde do primeiro olhar.
Envergonhada.
Parecia a Emília do Sítio do Pica Pau Amarelo.
Uma graça.
Saíamos juntas.
Cinema.
Teatro.
Restaurantes.
Shoppings.
Tudo que eu via.
Se me lembrasse ela.
Eu comprava para ela.
Moranguinhos.
Sapatos e roupas.
Biquinis.
Isso era um sério problema .
Porque ela odiava biquinis .
Ela foi crescendo.
Mudando.
Tendo opiniões.
Gostos.
Personalidade forte.
Fazia lista de pessoas não gratas.
Era uma figura.
Adorava dançar e cantar.
Sempre que podia eu incluia ela nos meus programas.
Veio a fase da adolescência.
Fase complicada essa.
Cheia de conflitos e paixões.
Dúvidas.
Erros e acertos.
Minha amiga,meio irmã.
Escolheu química.
Não sei se foi um pouco influência minha.
Por meu pai ser um químico industrial.
E eu sempre falo dele com um orgulho imenso.
Ajudei como pude nos estudos.
Porque sabia que ela prometia .
Tem um potencial.
Desde de …

Bom dia!!! Sextou...