Como pode isso??!!

A natureza é demais.
Me presenteou com dois seres.
Sendo que como pode?
Eles crescem!
Isso é uma covardia.
O Caio foi o segundo .
Nasceu de bunda.
Virada para a lua.
Já de cara vi que era um ser diferente.
Nasceu de 7 meses .
Era enorme .
Bebê gig era o seu apelido na maternidade.
Loiro de olhos claros.
Sem cílios e nem sobrancelhas.
Mamava horrores.
Meus seios .
Pula essa parte.
Adorava banhos.
Dormia ao embalo das minhas canções.
Adorava videos e histórias.
Sempre me pedia mais uma para dormir.
Adorava dançar.
Chorava em todos os dias das mães com as suas dancinhas da escola.
Festas juninas.
Vi ele ficar angustiado ao mudarmos de cidade e também de escola.
Mas logo se adaptou.
Não gostava muito de bicicletas.
Seu negócio eram pranchas e skate.
A ponto de quebrar os dedos do pé.
Vídeo game era o seu vício.
Estudava muito.
Só tirava boas notas.
Não se permitia errar .
Ele cresceu...
Começou a ter suas opiniões.
Ter um grupo de amigos.
Que são os mesmo até hoje.
Lia livros .
Chegou num ponto que ele ganhou uma carteirinha da biblioteca dando os parabéns.
Lia vários em um fim de semana.
Aquilo para ele era a vida.
O seu quarto .
Era o seu universo.
Até as cores da parede ele que escolhia
Me mostrou músicas e cantores que eu não conhecia .
Que hoje fazem parte da minha playlist.
Vice e versa.
Me mantem conectada no mundo.
Quando começo a delirar.
Me dá altas broncas .
Quando estou errada.
Me mostra o outro lado da moeda.
Ele não tem idéia de  quanto ele significa para mim.
Meu porto seguro.
Ouvi suas ideias e opiniões anti homofóbicas.
Suas opiniões políticas .
Sempre bem elaboradas.
Me indicou séries e filmes.
Que acabei amando.
Debateu filósofos.
Estudou um ano inteiro .
Não havia fim de semanas nem feriados.
Estudou tanto de passar mal.
Passou em todas as faculdades federais e estaduais.
Para várias matérias.
Morri de tanto orgulho.
Choramos,rimos,ficamos juntos .
Cozinhamos juntos.
Me ensinou a glacear, marinar,flambar,
Aliás se aventura na cozinha desde os 13 anos.
Inventa receitas.
Ajudou o pai .
Criando o food truck.
Numa época nebulosa do desemprego.
Trabalhou horrores.
Enfim nesses vinte anos da sua vida .
Vi vários Caios.
Amo todos.
Confesso que me surpreendeu .
Mas também não esperava menos.
Homão da porra
Eu aprendi muito com você.
Te desejo tudo de melhor que a vida possa lhe proporcionar.
Assim como você me proporcionou.
E ainda proporciona.
Me puxando para a realidade.
Queria ter só 5% da sua potência.
Venho aqui te desejar feliz aniversário.
Adiantado.
Porque você sabe né.
Sou ansiosa.
Tudo para mim é assim






Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Craft room

Uma menina guerreira.