Blythes

Meu lado lúdico de ser.
Em 2005,no extinto Orkut.
Vi uma foto num perfil.
Que me chamou a atenção.
Primeiro achei que fosse um desenho.
Curiosa perguntei a Sui.
Ela me explicou que era uma boneca chamada blythe .
Que aquela do perfil era petit.
Nossa aquela informação foi tudo .
Comecei a pesquisar e descobri.
Para minha tristeza que não existia no Brasil.
Poxa!
Naquela época nem existia quem vendesse aqui no Brasil.
Fui pesquisando e acabei no Ebay.
Para meu desespero.
Achei.
Achei também mil e um acessórios.
Como lidar com aquilo.
Meu fantástico mundinho rosa acendeu,piscou...
Agora só restava achar a loja que entregasse no Brasil.
Era raro.
Tinha trocentos modelos.
Qual escolher?
A primeira Blythe ninguém esquece.
Era uma Samedi marche encore.
Mais as minhas grandes paixões foram as primas dolly
Tive várias Aubrey,Ebony,Ashlet,Violet...
Mais eu ganhei uma ruiva na qual me encantei a V Smach.
Uma grande amiga que tinha as mesmas loucuras colecionar bonecas.
Cheguei a ter 15 blythes.
Depois vendi algumas.
Nos anos de 2007 e 2008 elas se tornaram bem conhecidas aqui no Brasil.
Várias celebridades tinham ,assim como grandes estilistas internacionais também.
Viraram matérias de revistas.
Grandes marcas criaram outfits para as Blythes.
Outfits para quem não sabe são roupas e acessórios.
O que me encantava nesse mundo.
É que haviam várias pessoas de tribos diferentes .
Que gostavam da mesma coisa as bonecas.




Por serem diferentes.
Nessa época aqui no Brasil não existia nada parecido em matéria de bonecas.
As blythes são do tipo ame as ou odeie.
Eu amo.
Mas ai para meu total desespero .
Começaram a customizar as blythes.
Gente.
Você poderia ter a boneca que quisesse.
Poderia escolher a cor do cabelo.
Ele poderia ser liso,crespo,ondulado.
Uma infinidade de possibilidades.
Pirei.
Hoje só tenho uma que não é customizada.
As outras são todas customizadas.
Colecionar é uma paixão um hobby.








Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Craft room

Uma menina guerreira.

Como pode isso??!!